De acordo com dados divulgados pelo site Agência Brasil , cerca de 46% das empresas brasileiras adotaram o modelo de trabalho remoto durante a pandemia. Entretanto, devido às novidades do cenário, muitos profissionais ainda encontram dificuldades para criar uma cultura organizacional em home-office atualmente .

As informações em questão, obtidas através da Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19, foram coletadas em abril de 2020 e tomaram como base 139 empresas de portes variados e com atuação em diferentes áreas do Brasil.

Além disso, o levantamento citado ainda revelou que somente entre os grandes negócios , 55% das empresas optaram por manter os seus funcionários em casa. Ampliando esses dados para uma visão mais geral do quadro , é possível pontuar que 33% das empresas brasileiras, entre pequeno e grande porte, fizeram essa escolha.

Entretanto, conforme o destacado, esse cenário apresentou uma série de desafios . Quando se fala a respeito dos relatos obtidos pela pesquisa, cerca de 67% dos entrevistados afirmaram sentir dificuldades para a implementação do home-office , destacando principalmente a pouca familiaridade dos colaboradores com as ferramentas necessárias para viabilizar o trabalho.

Embora no contexto de 2021 algumas dessas dificuldades, especialmente no que se refere ao uso da tecnologia, tenham sido superadas a cultura organizacional em home-office segue representando um desafio a ser transposto . Nesse sentido, existem algumas estratégias que podem ser adotadas para a sua manutenção.

Porém, antes de falar a respeito delas, é válido ressaltar a importância dessa cultura de forma geral , o que será feito na primeira seção desse artigo.

A importância da cultura organizacional no home-office

Em linhas gerais, o home-office pode ser definido como um modelo de trabalho no qual os colaboradores atuam de suas casas . Em momentos anteriores à pandemia, esse sistema era adotado por profissionais freelancers, que representavam cerca de 3,8 milhões dos trabalhadores brasileiros em 2018 segundo dados do IBGE.

Uma vez que esse tipo de trabalho foi devidamente conceituado, é importante definir também o que se entende por cultura organizacional . Assim, é possível afirmar que essa cultura pode ser caracterizada como o conjunto de valores, comportamentos e hábitos que deve ser compartilhado por todas as pessoas envolvidas o contexto empresarial.

Logo, quando se fala em um ambiente físico , a manutenção desse conjunto é facilitada, visto que todos os colaboradores estão no mesmo espaço e, portanto, o processo se torna automatizado. Entretanto, o home-office impõe alguns desafios que podem acabar sendo negligenciados devido à distância física.

Portanto, a cultura organizacional em home-office se tornou uma preocupação. Assim, ainda que o modelo de trabalho seja considerado positivo, visto que 98% dos trabalhadores afirmaram gostar desse formato em uma pesquisa realizada pelo Buffer, os desafios são persistentes.

Eles, porém, servem para destacar a importância da cultura organizacional em home-office. Nesse sentido, se faz válido ressaltar que como tal cultura está diretamente ligada aos valores da empresa , independente do ambiente no qual o colaborador está, eles devem ser mantidos sem qualquer tipo de flexibilização.

Acompanhe a cultura organizacional no home-office

Assim, as empresas atualmente estão em busca de estratégias que as ajudem a reforçar tais valores e já passaram a colocar algumas em prática. Entre elas, vale destacar o monitoramento, a motivação e a manutenção dos níveis de satisfação dos funcionários .

O papel de assegurar a aplicação dessas estratégias, bem como de garantir o seu cumprimento, cabe aos gestores . Portanto, esses profissionais devem constantemente encontrar formas de despertar a conexão com os funcionários, aguçando o seu senso de pertencimento ao contexto empresarial.

Diante dos pontos destacados, na próxima seção do artigo serão sugeridos alguns meios de conseguir manter a cultura organizacional mesmo em períodos nos quais o afastamento do ambiente físico da empresa se faz necessário.

Dicas para manter a cultura organizacional em home-office

Primeiramente, cabe ressaltar que uma boa comunicação entre os gestores e os demais colaboradores de uma empresa será fundamental para a cultura organizacional em home-office. A partir disso, existem outros pontos mais específicos que devem ser observados para o bom funcionamento do modelo trabalhista.

Assim, o primeiro desses aspectos é o contato periódico . Portanto, as pessoas que estão em posições de liderança dentro de uma determinada empresa, devem constantemente procurar pelos seus colaboradores para realizar o alinhamento de tarefas, falar sobre os resultados obtidos e também sobre as dificuldades surgidas no dia a dia.

Como criar uma Cultura Organizacional em Home-Office

Através dessas estratégias simples, o funcionário conseguirá perceber que ele não está desamparado e que ele possui um canal de comunicação aberto com os gestores. Portanto, isso ajudará a manter a transparência quanto os processos do ambiente de trabalho, especialmente no que se refere à manutenção de cronogramas.

Ainda sobre as estratégias voltadas para o diálogo, é válido ressaltar que a comunicação interna deve ser fortalecida para manter a cultura organizacional em home-office. Isso ocorre uma vez que a distância possibilita maiores falhas no processo de comunicação e, portanto, faz com que a transparência e a clareza se tornem mais indispensáveis do que nunca.

A importância do sistema de feedback constante

De encontro a isso, é válido ressaltar a importância de implementar um sistema eficiente de feedbacks . Logo, é importante que os gestores estejam dispostos a comentar a respeito do trabalho realizado, pontuando o que pode ser melhorado através de críticas construtivas. Além disso, quando uma tarefa for bem executada, os elogios se fazem indispensáveis.

Tudo isso ajudará a manter a equipe motivada e, sem dúvidas, vai reforçar a conexão entre as pessoas envolvidas no contexto trabalhista. Além disso, tais estratégias também se mostram efetivas no sentido de mostrar que o profissional está sendo valorizado.

Considerações finais

Diante dos pontos destacados, conclui-se que manter a cultura organizacional em home-office pode ser desafiador, mas não é uma tarefa impossível . Apesar dos entraves, uma empresa que demonstra se importar com os seus funcionários e assegura que eles se sintam amparados tem tudo para conseguir atravessar as transformações trabalhistas recentes com sucesso.

Portanto, mantenha os canais de comunicação abertos e valorize a força de trabalho dos seus colaboradores . Dessa forma, eles se sentirão propensos a manter os valores da empresa funcionando, assim como o espírito de equipe, independente do ambiente no qual estão inseridos no atual contexto de pandemia.

Tais estratégias podem ajudar na manutenção da cultura organizacional e, mais do que isso, mostrarão que os líderes da empresa não se preocupam somente com os seus lucros , mas também desejam oferecer um ambiente trabalhista de qualidade para os funcionários.