Se antes a carteira de trabalho em papel era a regra, agora virou exceção: a CTPS Digital, regulamentada pela Lei da Liberdade Econômica (Lei nº 13.874/2019) e emitida pelo Ministério da Economia, é uma medida que confirma que a transformação digital é inevitável.

Para as empresas, isso pode significar agilização nos processos de contratação e maior proteção de dados, entre outras vantagens. Continue lendo para saber como contratar um funcionário com a CTPS Digital.

O que é a Carteira de Trabalho Digital?

Imagine que sua carteira de trabalho em papel agora pode ser inteiramente acessada por computador ou celular: essa é a nova realidade. A CTPS Digital é um documento eletrônico que contém informações trabalhistas.

Os dados podem ser acessados a partir de qualquer dispositivo conectado à internet e, pelo aplicativo, é possível manter um armazenamento offline.

O documento está disponível tanto para quem está tirando agora a primeira versão quanto para quem já tem a carteira de trabalho em papel, bastando habilitar a versão digital.

O objetivo, até então, não é substituir o documento em papel e, ainda, o governo recomenda que as pessoas mantenham suas carteiras tradicionais para o caso de precisar comprovar alguma informação ou formalizar o vínculo com empregadores que não utilizam o eSocial.

Essa é uma forma de evitar processos trabalhistas, fazendo a contratação CLT e evitando situações ilegais como acontece na contratação de MEIs mascarando vínculos empregatícios.

Vantagens de contratar pela CTPS Digital

Fazer a contratação pela CTPS digital faz parte da transformação digital do departamento de Gestão de Recursos Humanos e pode, ainda, trazer diversas vantagens para a empresa. É uma forma de estar em conformidade legal com seus funcionários, obtendo muito mais credibilidade e evitando problemas jurídicos, além de colaborar para um bom clima organizacional.

A CTPS eletrônica reduz os processos burocráticos e facilita a contratação, já que o novo colaborador agora não precisa trazer a carteira em papel para anotações — e o registro pode ser feito a partir do número do CPF.

Nada de perder o prazo para registro da carteira: com a carteira digital, a empresa ganha muito mais agilidade. Além disso, um único registro na modalidade eletrônica substitui carimbos, assinaturas e o trabalho de preenchimento das folhas da carteira em papel, já que o documento é integrado ao eSocial.

Tudo isso economiza um tempo valioso dos funcionários de RH e de contabilidade, liberando tempo que pode ser empregado em outras atividades importantes: o registro de vínculo, e obrigações como previdência, FGTS, entre outras, são feitas na mesma interface.

A mudança traz efeitos positivos não apenas na contratação de novos funcionários, como também em possíveis alterações, como mudanças de cargo e salário, no caso de promoções; férias ou quaisquer bônus, já que agora não é mais preciso solicitar a carteira em papel e fazer os lançamentos manualmente.

Baixe o ebook e saiba como digitalizar seu RH

A atualização agora é rápida, desburocratizada e em tempo real, com atualização imediata dos dados, o que configura uma vantagem necessária principalmente quando tantas empresas buscam novas formas de funcionamento remoto.

Como contratar pela CTPS Digital?

Se sua empresa deseja contratar pela CTPS Digital, precisa fazê-lo pelo Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial.

A partir do CPF do empregado, é possível fazer o registro, com as informações relativas ao CNPJ da empresa e ao contrato de trabalho, sendo respeitados os prazos.

Para otimizar seu processo de contratação, inclusive através de admissão digital, conte com a Habaut! Acesse nosso site e conheça nossas soluções.