Você conhece a importância da cultura organizacional da empresa? Esse conceito é um dos mecanismos modernos de gestão empresarial e de pessoas, pois engloba todos os aspectos corporativos. Muitas vezes, o negócio possui um e nem sabe.

Por isso que diretores, gestores, gerentes e profissionais de GRH precisam se habituar ao termo para que possam delimitar a cultura organizacional da empresa. Com ela, trazem-se muitos benefícios agregados, seja com a equipe interna, fornecedores, parceiros comerciais e, claro, com os clientes.

Nesse contexto, trazemos como identificar a cultura organizacional de uma empresa com métodos eficazes. Acompanhe.

O que é cultural organizacional?

Primeiramente, iremos definir o que significa esse conceito. Em linhas gerais, a cultura organizacional é o conjunto de regras, ações e diretrizes que uma empresa toma nas mais variadas situações, sejam internas ou externas.

Um exemplo claro é como ela se posiciona quanto a determinadas causas, como uma série de marcas de refrigerantes que, preocupadas com a saúde pública, lançaram seus produtos sem adição de açúcar.

Contudo, isso se estende também para as práticas de endomarketing (as ações institucionais voltadas para os próprios colaboradores), bem como se dão as mais variadas relações. Resumindo, é o comportamento global da empresa, seja como instituição ou através das ações humanas.

Como identificar essa cultura organizacional da empresa?

Esse é um processo que deve ser feito de maneira recorrente. Porém, na primeira avaliação, já é possível identificar os vários valores e ações que permeiam a cultura organizacional da empresa.

Entre elas, estão:

  • Como se dá a relação entre os colegas de trabalho;
  • O formato de distribuição e respeito à hierarquia;
  • Se os diretores se comportam como chefes ou líderes;
  • Quais métodos, sem serem diretamente explanados, são utilizados por todos dentro e fora da empresa;
  • A atenção que a empresa dá para seus clientes, como as causas e a forma que se posiciona não apenas dentro do seu mercado, mas nos assuntos de relevância social.

Outras ações, dessa vez tomadas com o intuito específico de enxergar tecnicamente a cultura organizacional do seu negócio, são:

  • O feedback recebido pelos colaboradores, pois eles dão o termômetro de como estão as relações sociais;
  • A observação de como cada elemento da cadeia empresarial – equipe, parceiros comerciais, fornecedores, clientes e acionistas – se comporta em relação a empresa;
  • Também, quais valores cada um desses atores que descrevemos acima têm nas suas redes sociais e no seu cotidiano;
  • Como seus produtos e serviços são avaliados tanto por sua qualidade, como pelo atendimento que presta.

Ou seja: busca-se identificar os comportamentos que vão acontecer na prática e que permeiam as variadas ações empresariais. O importante é que, em todas as situações, a pessoa que vai avaliar se coloque em uma posição neutra.

Outro meio de identificar a cultura organizacional da empresa é contar com profissionais e empresas especializadas no assunto. O exemplo são negócios que mapeiam o comportamento profissional e pessoal da equipe, transformando suas opiniões em métricas e dados.

Benefício para a empresa ao identificar a cultura organizacional

Para concluir, vale destacar: identificar a cultura organizacional é um benefício incomensurável para a empresa. Preenchem-se lacunas que vão desde a relação entre os pares até como o negócio se comporta perante a várias situações, sem precisar ‘reinventar a roda’.

A consequência, dessa forma, é aumento da produtividade, receita, além de oferecer um bom ambiente de trabalho a todos.

Conheça a ferramenta de pulso e clima da Habaut, chamada Felicitômetro. Se deseja conhecer mais, entre em contato.