Consultar o CNPJ é uma importante tarefa para empresas de qualquer porte e em qualquer esfera de atuação do mercado. Analisar o CNPJ permite verificar se a condição da própria empresa ou de seus eventuais parceiros/fornecedores ou outros estabelecimentos estão, de fato, regularizadas.

Se durante a verificação o CNPJ em questão aparece com problemas, o proprietário do documento não consegue exercer suas atividades profissionais. Desta forma, é sempre importante que empresas de qualquer área verifiquem, com certa frequência, a situação de seus CNPJS. Por fim, é também por meio dessa consulta que sabemos se o estabelecimento está ativo ou inativo e, ainda, se há qualquer tipo de pendência financeira em seu nome.

A seguir, confira um passo a passo de como consultar CNPJ com dicas práticas do que de fato deve ser analisado.

Por que efetuar a consulta de CNPJ?

Primeiramente vamos aos conceitos. O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) nada mais é do que um documento que formaliza a empresa na Receita Federal, que é responsável pela fiscalização e controle dos tributos federais, como é o caso dos impostos, por exemplo.

Um estabelecimento de qualquer origem só passa a ser legalmente formalizado e reconhecido quando cria um CNPJ. Uma comparação simples é com o CPF, uma vez que ele está para a pessoa física assim como o CNPJ está para a pessoa jurídica. Agora ficou fácil de entender, né?

O número do CNPJ é único e até mesmo os MEIs (microempreendedores) recebem-no, ainda que não sejam considerados empresa.

Conceitos entendidos, agora você deve estar se perguntando: mas, afinal, por que eu faria a consulta de um CNPJ? A gente te explica!

Vamos imaginar um cenário onde a sua empresa está negociando com outra para fornecimento de uma matéria prima, por exemplo.

Ao consultar previamente o CNPJ da outra empresa, você sabe se ela está ativa ou inativa, se ela tem alguma pendência financeira, se há eventuais protestos ou quaisquer outras pendências associadas ao CNPJ.

Desta forma, podemos dizer que a consulta de CNPJ é um procedimento de segurança, uma vez que você pode avaliar a reputação da empresa com quem está negociando muito antes de fechar o negócio, evitando o risco de golpes ou fraudes.

Como consultar o CNPJ e dicas práticas do que analisar

Existem vários caminhos legais para efetuar uma consulta de CNPJ completa, eficiente e segura na internet, atendendo às suas expectativas e necessidades. A seguir, vamos conferir as principais delas:

Site da própria Receita Federal

A Receita Federal permite a consulta gratuita de CNPJ em seu site. Basta acessá-lo, digitar a inscrição desejada e, em seguida, a situação do cadastro e comprovante de inscrição já devem aparecer em uma nova tela.

Com essa consulta você já tem a garantia de que aquele CNPJ/empresa realmente existe. Em “situação cadastral” você saberá se a inscrição está ativa, inativa, cancelada ou baixada.

Muita atenção aqui: uma empresa com situação cancelada, baixada ou inativa pode levantar suspeitas quanto às suas atividades e/ou intenções.

Nessa pesquisa você tem acesso a informações como:

  • Data de abertura da empresa;
  • Nome e endereço de inscrição;
  • Natureza jurídica e atividades econômicas;
  • Situação do cadastro.

Portal do Empreendedor

Você também pode conferir a situação do CNPJ no Portal do Empreendedor, que é um canal oficial de apoio aos micro e pequenos empreendedores, oferecendo ainda serviços como pagamento de impostos, emissão de notas e outros.

O canal é utilizado para consultar o CNPJ de MEIs e a pesquisa, mais uma vez, pode ser feita de forma gratuita.

Uma observação importante: no caso do CNPJ de MEI, o CPF deve estar sempre incluído, sendo assim, lembre-se sempre de levar isso em consideração em sua consulta.

Aplicativo CNPJ – Tudo na palma da mão

Desenvolvido pela Receita Federal e disponibilizado gratuitamente, o aplicativo CNPJ é uma alternativa segura, ágil e muito simples para efetuar essa consulta dentro de pouquíssimos instantes.

O aplicativo está disponível para Apple Store e Google Store e permite a consulta da situação de cadastro de empresas de maneira prática e muito simples. Eventuais solicitações envolvendo o próprio CNPJ também podem ser realizadas e acompanhadas por lá.

Site do Cartório de Protestos do BR

O IEPTBInstituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil – também pode servir de base para a sua consulta de CNPJ.

O interessante do site do Cartório de Protestos é que por lá você não só confere a situação do cadastro do CNPJ, mas também um histórico dos últimos 5 anos de vida desse documento. Sendo assim, se ele passou por alguma inconsciência, se já se envolveu em alguma pendência financeira, foi desativado e ativado novamente ou qualquer outra condição neste sentido, você pode conferir neste site.

O melhor de tudo é que o serviço te ajuda a verificar os aspectos judiciais envolvendo seu potencial fornecedor, parceiro ou outro, é completamente gratuito e cheio de detalhes. Vale a pena conferir! Lembrando que só é possível ter acesso aos dados dos últimos 5 anos e não de toda a vida útil do documento.

Pesquisas pagas

Precisando de informações ainda mais detalhadas sobre o CNPJ em questão?

Há, por fim, a possibilidade de efetuar uma consulta paga por meio de empresas especializadas nesse assunto. Uma das mais conhecidas neste sentido é a Serasa Experian, que oferece uma completa lista de dados sobre o CNPJ pesquisado, entre eles cheques que já foram devolvidos, dívidas que a empresa já se envolveu, ações judiciais que tenha participado, falências declaradas, débitos atuais ou passados, protestos, situação do cadastro, score de Serasa nos últimos anos e assim por diante.

Ainda que seja um serviço pago, ele com certeza vale a consulta, especialmente quando a parceria que você visa envolve grandes valores ou, ainda, quando você já observou alguma inconsistência após pesquisa nos métodos anteriormente destacados aqui.

Agora você já sabe como consultar CNPJ, onde consultar de forma segura e gratuita e, principalmente, como fazer isso de maneira prática e ágil.