Estratégias como clube de benefícios e incentivo para metas vêm mudando cada vez mais o clima organizacional e o engajamento dos colaboradores nas demandas do dia a dia.

Com um mercado empresarial cada vez mais competitivo, empresas que adotam essas inovações saem na frente, com um time de profissionais cada vez mais competentes e focados. No entanto, ainda que pareça um excelente método, algumas organizações não sabem muito bem como implementá-lo.

Importância dos benefícios para os funcionários

Atualmente, os bons profissionais que estão buscando oportunidades no mercado de trabalho já não se sentem atraídos apenas pelo salário oferecido na empresa, eles prezam pela estabilidade e por um bom ambiente de trabalho, no qual suas habilidades possam ser desenvolvidas e reconhecidas.

Sendo assim, o setor de Recursos Humanos teve de se reinventar e elaborar estratégias de atração e retenção de talentos, melhorando consideravelmente a qualidade e a atenção aos projetos em desenvolvimento.

Embora a retenção de bons profissionais seja importante para o desempenho da organização na sua totalidade, está longe de ser o único fator para a criação dos benefícios aos colaboradores.

Uma pesquisa realizada recentemente, nos Estados Unidos, comprovou que, dos 32% dos entrevistados que desejavam mudar de emprego, 15% atestaram que o motivo era a falta de benefícios satisfatórios, algo que deixava a rotina de trabalho cada vez mais onerosa.

Esse clube de benefícios, porém, precisa ir além do pacote básico e comum das empresas, pois oferecer Plano de Saúde, Vale-Transporte e Vale-Alimentação já não é mais tão atrativo para os funcionários. É importante que a organização seja criativa e inovadora, mostrando para esse colaborador que ele realmente faz diferença.

Isso não significa, entretanto, que a empresa deve criar inúmeros clubes de benefícios. É importante focar na qualidade do pacote e entender o corpo de funcionários que se deseja ter.

Quais são as estratégias de benefícios mais efetivas?

Após compreender a importância de um clube de vantagens para os colaboradores, a empresa deve buscar elaborar essas estratégias de acordo com a personalidade dos funcionários.

O desenvolvimento dessas estratégias exige certo planejamento por parte dos gestores envolvidos e deve ter ampla participação dos Recursos Humanos.

Para entender melhor quais estratégias são mais efetivas, a empresa deve ter consciência de que as mesmas, ao início da implementação, devem ter correlação com a rotina pessoal e profissional de todos os colaboradores. Geralmente, as estratégias mais efetivas entre as empresas são:

  • Preservação do bem-estar, como descontos em academias de ginástica;
  • Plano de carreira;
  • Possibilidade de home-office;
  • Possibilidade de horário flexível.

Apesar de serem as mais replicadas pelas empresas e ajudarem na qualidade de vida do colaborador para que ele consiga devolver bons resultados, é importante que os gestores sempre realizem uma pesquisa de benefícios para entender melhor as necessidades dos funcionários, buscando melhorar também pontos negativos anteriormente apresentados.

Desse modo, além da economia do orçamento da empresa, os colaboradores também conseguirão focar em apenas um pacote de recompensas e medir o tamanho da satisfação com o que a organização pode oferecer a eles.