A Starbucks figura atualmente como um case de grande sucesso no mercado. O crescimento esperado da cafeteria para o ano de 2022 é de cerca de 20%. Isso está projetado para acontecer logo no começo da recuperação financeira do mundo pós pandemia.

A partir disso, fica claro que as projeções da empresa são extremamente otimistas, pois com a pandemia causada pelo novo coronavírus empresas de alimentação, como as cafeterias, por exemplo, apresentaram grandes perdas financeiras.

Mas por que isso não abala as perspectivas da Starbucks? Será esta empresa única entre as demais do seu ramo de atuação? A resposta para essas perguntas é “sim”. A Starbucks é reconhecidamente um grande exemplo de empresa que deu certo e fez muito sucesso no seu segmento.

Reconhecimento da marca Starbucks

Por conta desse sucesso outras empresas, e não necessariamente apenas do mesmo setor, podem se beneficiar grandemente de práticas realizadas na cafeteria. A cultura da empresa é extremamente rica em estratégias e conhecimentos.

Hoje você vai ficar por dentro das principais lições que fizeram a Starbucks ter um desempenho excepcional durante os seus quase 50 anos de história. Acompanhe!

A experiência do cliente

Uma das maiores características da Starbucks é o cuidado que a empresa possui com a experiência de cada um dos clientes que passam pela cafeteria. Desde 1971 a empresa tem esse aspecto muito gravado em sua cultura. Para a Starbucks, cada cliente deve se sentir único e ter uma experiência personalizada no local.

A experiência do cliente

Muito mais do que vender cafés, a empresa aposta em um atendimento espetacular. Os clientes não se importam de pagar um valor um pouco mais alto para se sentir bem e ser atendido de forma cordial e humana. Para a cafeteria, os clientes não são apenas um número, mas sim a peça chave que move a empresa como um todo.

Isso está bem definido na frase do fundador da Starbucks Howard Schultz:

“Não estamos no ramo de café para servir pessoas,

estamos no ramo de pessoas para servir café”.

Howard Schultz

Essa frase deixa bem claro que um dos princípios que a empresa toma como base para realizar suas atividades, é a extrema valorização das pessoas, que consequentemente são seus clientes e consomem cafés e outros produtos. Clientes que se sentem valorizados consomem mais e acabam sendo fidelizados.

Qualidade do produto oferecido

Qualidade do produto oferecido

De nada adianta ter um atendimento espetacular se o produto não for tão espetacular quanto. No entanto, todos que frequentam ou já frequentaram a Starbucks sabem que a qualidade do café é muito acima da média. Para muitas pessoas, a melhor forma de começar o dia é tomando um bom café.

Aquele café que é quase um abraço suave e quentinho, que te dá energia para enfrentar as dificuldades do dia a dia e que permite que todos os obstáculos sejam superados. O café da Starbucks traz exatamente essa sensação, seja pelo tratamento dos grãos de café, seja pela embalagem térmica em que ele é servido, ou ainda pelo ambiente da cafeteria.

Do café tradicional ao café excepcional

A empresa tem uma linda história. Em 1971 essa história começa com cafés tradicionais e vem até hoje, 49 anos depois, os quais a empresa cresceu muito e se desenvolveu para ser a principal rede de cafeterias do mundo. Isso tudo é refletido pela qualidade dos produtos e pela variedade de opções que a cafeteria apresenta nos dias de hoje.

O que começou há quase 50 anos com cafés simples, mas de boa qualidade, hoje conta com uma variedade enorme de produtos, como refeições, cafés quentes diferenciados, frapuccinos, entre outros.

Além disso, a cafeteria conta com muito requinte e sofisticação em suas lojas físicas. Quando você entra em uma Starbucks, já sabe que tudo ali tem uma grande qualidade, desde as cadeiras, sofás, mesas, balcões, uniforme dos funcionários, e tudo mais que há ali.

Isso chama a atenção do cliente e faz com que ele se sinta bem no ambiente. Pense nisso como uma grande lição da Starbucks e invista no seu ambiente de trabalho. Certamente isso chegará e tomará a atenção dos seus colaboradores.

Starbucks e sua cultura de valorização

Além de valorizar o cliente como princípio base, a Starbucks também tem a cultura de valorizar cada um de seus funcionários. Eles são a engrenagem que mantém a empresa funcionando e fazendo cada vez mais sucesso entre as empresas do ramo da alimentação.

Assim, uma das maiores lições que se pode aprender com a cafeteria é que sem colaboradores, você fica sozinho e sem poder fazer a empresa crescer e se destacar. Sem valorizar os seus funcionários, não é possível oferecer o atendimento que os clientes merecem e esperam da empresa.

Por isso, a cafeteria investe sempre em treinamentos e boas experiências para os funcionários também. Afinal, como se pode oferecer uma experiência espetacular para os clientes se quem os atende não está se sentindo bem e feliz? Leve isso como aprendizado e não deixe que seus colaboradores se sintam desmotivados.

Diferenciais competitivos da Starbucks

Existem diversos diferenciais no atendimento da Starbucks. Houve uma época em que o uso de cheques era bem mais recorrente. Caso uma pessoa fosse pagar com cheque, a empresa tinha a política de não aceitar, mas mesmo assim entregar o café para a pessoa. Esse diferencial fidelizou diversos clientes e fez a empresa ter um grande destaque com o passar dos anos.

O ato de escrever o nome do cliente nos copos de café é um diferencial muito interessante. Hoje em dia outras cafeterias até podem fazer o mesmo, mas quem popularizou isso foi a Starbucks, e esse diferencial é sempre atribuído a empresa. Em muitos dias, o único momento em que o nome de uma pessoa é escrito, é quando ela vai pegar seu café na empresa, e isso certamente faz o seu dia mais feliz.

Lição sobre a Starbucks

Em conclusão, é possível afirmar que a Starbucks é uma empresa bastante diferenciada e cheia de coisas que a destaca entre as demais. A cafeteria aposta sempre na valorização de seus clientes, colaboradores e preza pela qualidade de cada produto e local em que está situada.

O que podemos tirar como lição da cultura do Starbucks?

O fato da valorização do ambiente, treinamento e motivação aos seus colaboradores e, principalmente, a geração de novas experiências aos clientes finais. Entenda com as lições ensinadas aqui e tenha sucesso na sua empresa também!

Saiba que você sempre poderá contar com a Habaut na transformação do seu tradicional RH para um RH preditivo e estratégico. Conheça a Habaut.